segunda-feira, 13 de fevereiro de 2012

PEDIDO DE CASAMENTO


Passei o dia inteiro pensando em como seria, como iria proceder, como eu estaria, seria o momento certo?
A mente sozinha divagava, eram inúmeras as sensações, as razões para pedir, emoções envolvidas, será que o lugar que escolhi era o correto, o dia, a hora, a maturidade de nossas almas?
 Eu seria a pessoa certa para ela, afinal ela é tudo pra mim, ela merece tudo, seria que eu poderia suprir a necessidade de sua alma infinitamente bela?
Vivemos tantas coisas juntos, choramos, sorrimos, discutíamos algumas vezes, mas o amor sempre foi maior, a razão principal de passarmos por tantos obstáculos, que não foram poucos...
A todo instante pensávamos sobre o futuro, mas o futuro seria construído dia-a-dia, queria e quero que ela faça parte desse futuro, pois sem ela não haveria futuro para mim, de fato não haveria nada, nada seria e hoje serenamente nada sou.
As horas estavam passando, o momento cada vez mais se aproximava, nunca percebi que o tempo passava tão rápido, horas pareciam minutos, o Sol já se preparava pra partir, ah o Sol, quantos foram os momentos de despertar para um novo dia e ela lá ao meu lado, ela foi o Sol, ela fazia e faz meu dia ser iluminado, o brilho que de meu rosto surgia nada mais era que o reflexo de sua luz em mim, como eu a desejei, como eu a desejo. 
Diversas vezes ficávamos na praia abraços sob o rochedo vendo o Astro-rei descansar, o silêncio daquele momento era mágico, nossas mãos entrelaçadas, nossas almas em uníssono contemplavam a magia da natureza, que tantos corações embalam, tantos poetas conquistam, tantas inspirações florescem...
Quando temos a alma tocada de forma delicada pelo amor nos sentimos cada vez mais fortes, mais importantes, mais eternos.
Ao teu lado me sentia pleno, íntegro, havia algo em mim que inexplicavelmente só ocorria quando estava com ela, minha boca secava, meu coração parecia explodir, respirar era cada vez mais difícil, mas quando ela me abraça... , tudo volta ao normal, sentir sua respiração, sua pele junto a minha, seu toque, seu perfume, não sei explicar, acredito que algumas coisas não tem explicação mesmo, agora eu entendo o por que.
Quanto ao olhar, quase choro só de lembrar, seus olhos são como o farol em meio à neblina em mar aberto, ou seja, o conforto e a segurança que o comandante de um navio precisa para seguir sua rota em segurança, a luz que dá certeza do caminho certo, a luz que transforam medo em segurança, ódio em amor, tristeza em alegria. Seus olhos, seu olhar...
Viajei muitas vezes para lugares distantes, mas meu pensamento em momento algum me acompanhava, ele ficava com meu coração, conectado a ela, meu coração não viajava, ele ficava com ela, sempre foi assim. Agora eu entendo o significado da palavra abraço, pois era o que eu buscava quando chegava das viagens, era o abraço dela, como pude viver tanto tempo sem saber isso, essa sensação que até então eu não conhecia.
As nossas brigas sempre foram engraçadas, sim nós brigávamos algumas vezes, que casal não tem divergências, nós temos as nossas, os motivos eram os mais banais possíveis, lembro-me de uma que só reforça o meu querer por ela, a minha vontade de envelhecer ao lado dela, tudo por causa de um chocolate, ela estava de dieta, mania feminina, mas eu sabia que ela gostava de chocolate recheado de framboesa, ora eu a presentei então, se eu soubesse o que iria acontecer teria comido a caixa sozinho – risos - , ela ficou brava, que eu não colaborava com a dieta dela e tudo mais, que não ligava pra ela, para o esforço dela em se manter “em forma” , de fato eu nunca liguei pra isso, admito, eu a amava plenamente, não era só corpo, era e é alma, enfim, ela falou muitas coisas naquele dia e eu imbecilmente respondi com impropérios , errei é claro, fui embora, mas havia esquecido a caixa de chocolate lá em sua casa.
No dia seguinte, estava bravo ainda e nem sequer liguei pra ela, contato algum durante todo dia, mas a noite fui surpreendido, voltava pra casa e quando cheguei a escadaria de meu prédio, lá estava ela segurando a caixa de chocolate, pensei comigo naquele instante “ ... lá vem bomba...”, ela simplesmente abriu a caixa na minha frente, faltava um, e no espaço um bilhete com meu nome, instintivamente peguei e li o bilhete, ele dizia: “ Como posso aceitar esse chocolate se ele só me alimenta o corpo, e você me alimenta o coração, quero você junto com este chocolate, desculpa estava nervosa e com fome, você aceita minhas desculpas, quero acabar logo com essa caixa, mas junto com você”,  olhei pra ela e sem dizer nada peguei um chocolate e comecei a comer, ela me abraçou, me beijou e lá na escadaria não havia mais espaço para brigas bobas, nos amamos aquela noite, foi um dos melhores momentos que passamos até então..., detalhe comemos os chocolates ,é claro.
Naquele instante percebi o quão especial era aquela alma, e aprendi também a nunca mais oferecer chocolate quando ela está de dieta.
Lembranças, recordações, tudo com ela era mais intenso, mais sublime, mais vivo.
Acreditava finalmente ter chegado o momento de levar nossa relação mais adiante, um passo mais forte, mais decisivo, já estávamos juntos há quase dois anos e nos conhecíamos há mais de dez anos, já sabíamos bem o que queríamos, eu queria ela, estar com ela, viver com ela, envelhecer com ela, crescer mais e mais ao lado dela.
O Sol já havia partido, a noite estava linda, estrelada, penso que era para combinar com minha amada, ela era a principal estrela da noite, quantas noites passamos juntos nos amando, nos abraçando, juntos apenas no silêncio a espera de um novo alvorecer, não posso negar, todos os momentos com ela foram e são diferentes, especiais, inesquecíveis.
O local para o momento que meu coração clamava era o jardim onde selamos o nosso relacionamento com o primeiro beijo, em meio às rosas que ela tanto ama e que eu aprendi a admirar mais e mais. Cheguei com uma hora de antecedência, não podia atrasar ou deixa-la esperando, sem contar que estava nervoso, ansioso, minhas mãos suavam e meu corpo tremia.
O tempo rapidamente dizia que o momento tão esperado estava prestes a chegar...
Ao longe a vi, meu Deus, como ela estava linda, seus olhos brilhavam como a luz das estrelas, não conseguia compreender como ela conseguia isto, cada dia estava mais linda, mais radiante, mais bela... , seu sorriso capaz de encerrar uma guerra sem fim, ele me deixava atordoado, com aquele sorriso ela conseguia tudo, eu poderia morrer, pois só o fato de tê-la ali naquele instante comigo já bastava, mas sabia que o motivo daquele encontro era outro, mais importante, fui ao encontro dela, nos abraçamos, nos beijamos, não queria que aquele momento terminasse, ela sabia que eu estava estranho, ela me conhecia melhor que eu mesmo.
Caminhamos em meio as rosas, eu havia preparado um buquê para ela, onde estavam também as alianças, o casal dono do jardim, já nos conhecia, eles me ajudaram para escolher as rosas mais lindas e o local certo para deixar o buquê, de mãos dadas fomos andando em direção ao local, conversamos sobre o nosso dia, coisas normais até então.
Chegamos ao local desejado por mim, ela viu as flores, seus olhos brilharam intensamente, tornando aquela noite mais mágica, peguei o buquê e ofereci a ela, ela pegou e reparou na caixa das alianças. Ela abriu a caixa e no mesmo instante eu ajoelhei e antes que ela dissesse qualquer coisa eu comecei a falar: “ Eu demorei  muito pra perceber que existem anjos ao nosso redor, anjos que nos fazem crescer e perceber a importância do amor, você pra mim é esse anjo, quero estar ao teu lado em todos os momentos, não posso te prometer que todos os momentos serão de felicidade, que não teremos problemas, que não teremos dores ou sofrimentos, mas posso te prometer que quando estes momentos chegarem eu estarei ao teu lado, segurando a tua mão, vivendo com você, te amando e amparando, sendo o melhor pra você a todo instante, não imagino um futuro pra mim sem você, quero ser mais que seu namorado, mais que um amigo, quero ser aquele que estará ao teu lado quando precisar,  quero envelhecer com você, quero curtir cada cabelo branco que com o tempo surgir , aquele que te levará pra cama quando você adormecer no sofá, quero sorrir e chorar ao teu lado, quero ser tudo que você precisar, eu te amo tanto, tanto que nunca pensei ser capaz de amar assim, você é tudo pra mim... , quer casar comigo? ”
Ela ficou olhando pra mim, daquele jeito que só ela sabe, um silêncio fez-se presente, silêncio este que de fato durou segundos, mas pareciam séculos, então do seu jeito sereno e doce de ser, pegou minhas mãos e me levantou, com os olhos estonteantes e brilhando como só eles conseguiam, respondeu:

“O que eu mais quero, o que eu sempre quis foi ter alguém para compartilhar minha vida, alguém para me amar em todos os momentos, eu quero que essa pessoa seja você, por que eu te amo como nunca amei outro alguém”.
Ela me abraçou como nunca havia feito antes, aquele momento nunca seria esquecido, eu também chorei negar isso seria uma tremenda bobagem, como eu a amava, amaria para todo sempre.
Nos beijamos intensamente daquele jeito que só aqueles que já viveram tal momento entenderiam, aquele beijo foi mais que um “sim”, aquele beijo representava um novo começo em nossas vidas, em minha vida, me senti agraciado por ter a presença de uma pessoas tão especial  em minha vida.
Eu te amo, repeti essa frase inúmeras vezes, repetiria quantas mais fossem necessárias...
A noite não terminou ali, mas lembro que a frase que encerrou aquele dia e começou o outro foi a mesma...
EU TE AMO .